Menu:

Auto-Decepção

            Como era de se esperar, sempre tivemos barreiras a serem superadas, honra a ser conquistada e amizades à serem guardadas. Me sinto fracassado, humilhando e desrespeitado por parte de terceiros que um dia foram meus amigos. Confesso que mesmo brigando com o Tetew, xingando-o de vários nomes, Hogwarts não sobreviveria sem ele. Mas que fique claro que esta Hogwarts NÃO ACABOU. Ela continuará ali, fechada e como prova disso, deixaremos o site aberto e quem sabe voltemos abrí-la na época do filme quando as pessoas estiverem dispostas a interpretar ao invés de invadir RPG para duelar Star Wars. Confesso que esta Hogwarts estava programada para até o sétimo ano. Tinha tudo para dar certo. Quartos, trama, organização, tudo.
            Vocês não sabem o quão é difícil estar escrevendo isso. Me sinto um lixo. Um fracasso. Eu gostaria de ter dado à vocês uma grande diversão, mas tenho sinceros agradecimentos:
           .Zac.: Você, como ninguém, me ensinou tudo que eu sei hoje e mesmo tendo passado por várias confusões no passado e conflitos até hoje, sobrevivemos até os dias atuais e você me provou que posso ter o que eu quero quando alguém acredita e apoia você. Mesmo deixando o lado "pessoal" de lado e ficando apenas com o "profissional".
           sr-Anonimo: Meu grande amigo Lucas, o que seria de Hogwarts sem você? Nada. Não seria nada e é por isso que você SEMPRE, SEMPRE será meu amigo e levaremos isso não só para o virtual, para a real também.
            Bruna Medina: Minha melhor amiga dentro deste jogo cruel, minha fiel irmã que nunca tive e que me ajudou bastante nas passagens de ano, formulando tramas e ajudando o .Zac. no que era preciso. Iniciante em organização, porém, mais eficiente que muitos.
            Gabriel ou BielB: Ajudou muito mais do que vocês podem imaginar, fez a passagem de ano com a Bruna de uma maneira espetacular que só eles sabem fazer. Fico honrado em ter tido você na minha organização. Obrigado, migo.
            Tetew: Ficava online todos os dias no RPG, promovendo aulas, abrindo portões e sendo amado por Hogwarts inteira, a prova disso, foi a sua despedida. Obrigado por tudo, Mateus. Hogwarts não existiria sem você.
            PiterBlack: Obrigado por ter me ensinando sobre Transfiguração, ter me ensinando como me comportar como a Minerva, obrigado por participar da minha organização. Devo muito a você também, amigo.
            R.Greyback: Minha wadia favorita que sempre dizia o que era preciso e na hora certa. Me dava alguns toques de realidade com aquelas dicas bem najas que só ele sabe fazer. Obrigado por tudo, "amiga".
            Wallace: Nunca nos demos bem, né? Mas soubemos superar e separar as coisas dentro da organização, aprendendo que nem sempre trabalhar junto significa ter uma amizade explendida e colossa. Obrigado por tudo, migo.
            LuizKing: Obrigado por ter aparecido na hora em que eu mais precisei, alguém para substituir o Tetew, não foi fácil. E não veria alguém melhor para poder fazer isso.
            Cicatricce: Obrigado por ter me apoiado no começo da Hogwarts, dando conselhos sobre a história ligada a trama, obrigado por ter dado a idéia de juntar sua Bibliosmeade com Hogwarts. Foi uma oportunidade única que não vou esquecer, migo.

Aqui vão os meus agradecimentos a toda a organização: Zac, Anônimo, Bruna, Biel, Tetew, Piter, Grey, Luiz, Pri, Kris, Dani, Júlio e Wallace. Amo todos vocês.

Picture

[Trama descritiva - 3o ano]


       2038. Mesmo com a Capa da Inviabilidade do professor de Transfiguração em Hogwarts (Alvo Severo Potter) roubada por um Vulto (uma pessoa encapuzada) de origens desconhecidas, o mundo bruxo não pareceu se preocupar. Quem iria? Não faria tanta importância; afinal, era uma capa de camelô – mas era o que eles pensavam. O que não sabiam, e nem mesmo sabem, é que a Capa é uma das três Relíquias da Morte, as quais, unidas ao Diário de Merlim e a Espada de Gryffindor (ambas fabricadas, também, pela Morte), podem convocar a própria ceifadora de almas.

       Em particular, a Seção do Quartel de Aurores, comandada por Harry Tiago Potter e subsidiada por Ronald Abílio Weasley, criou uma movimentação sutil e não tão aparente, fato esse percebido por apenas poucos bruxos e bruxas próximos à cúpula Potter no Ministério. De um modo ou de outro, depois das ameaças e implicações constantes em Hogwarts por parte do Ministro da Magia, a paz e tranqüilidade parecia ter sido restaurada – grande contribuição devida às incessantes aberturas de reivindicações, protestos e revoltas por Hermione Granger Weasley, que, insistentemente, tentava afastar o Ministro da Magia de Hogwarts exercendo leis e cláusulas.

       Simples e misteriosamente, as manchas e mensagens em sangue pararam, mesmo que as outras já gravadas tenham – obrigatoriamente – de permanecerem, uma vez que a mágica que lhes guarnece impedem que sejam removidas. De qualquer forma, os alunos de Hogwarts retornavam, felizes, ao seu antigo e habitual lar: um lugar repleto de mágica e de conhecimento.

       De fato, até que tudo se sucedera perfeitamente bem. No início. Após duas semanas de aulas em segurança, curiosas rachaduras rechearam os jardins de Hogwarts e a Floresta Proibida. Dizem os noturnos que enormes esferas escarlates atingiram as proteções do castelo, enquanto vários outros feixes azulados estouraram em contato com a parede invisível que circula Hogwarts. Certamente que os professores e o ministério averiguaram isso, mas nada encontraram. Seja o que for, algo está ameaçando as proteções da escola. Algo sombrio e extremamente poderoso. Resta saber o que é.

O término macabro

Picture
      
       No Salão de Jantar, durante o banquete, um aluno da Lufa-Lufa alarmou seus colegas e professores quando os abordou no meio de uma atividade, dizendo ter visto um vulto nas Escadarias com a Capa de Invisibilidade enquanto torturava o Professor Potter que estava caído.

       Depois de grandes tentativas de furto à Capa de Invisbilidade do Professor Potter, o Vulto voltara a Hogwarts para continuar o massacre e, desta vez, ele conseguiu levar o artefato consigo. Jurando vingança contra todos aqueles que estavam contra seu legado, o vulto dispara em direção ao Sétimo Andar, enquanto grita de satisfação por um trabalho bem sucedido.

       De uma forma ou de outra, surge a pergunta: por que roubar uma Capa da Invisibilidade falha e insignificante provocaria tanta balbúrdia por parte de um bruxo perito nas mais sombrias artes das trevas? Importante ou não, Hogwarts parece se despedir de mais um ano triste, nebuloso e sombrio, enquanto trovões precisamente mais potentes se estendem pelos limites do castelo. O Profeta Diário se despede com palavras de Harry Potter, vulgo chefe do Quartel dos Aurores.

       “Não é a magia que molda o caráter de um bruxo, e sim a forma que o bruxo molda a magia que mostra seu verdadeiro ser.”


Roubo, Decepamento e Morte

Picture

       Sangue foi derramado nesta noite. Sangue inocente.

       O vulto negro retornou a Hogwarts. E ele queria algo que todos sabemos: a capa de invisibilidade de Alvo Severo Potter. O vulto atacava todos que estavam no caminho. Usou Artes das Trevas, torturou, massacrou, exigindo a capa a todos os alunos que estavam ali, atacando os monitores Maxley e Marshall. Começou a torturá-los, tentando atrair Potter. E conseguiu.

       Os dois começaram um duelo terrível, com magia poderosa, mas não havia um vencedor claro. O vulto exigia a todo instante a capa, até que perdeu a paciência, suspendendo um aluno da Grifinória no ar, Jaden Dawson, e amputou sua mão esquerda. Foi o bastante para Potter desistir e resolver entregar a capa. Ele a levitou até o vulto, porém, um aluno da Corvinal se meteu no meio e atrapalhou a entrega. Potter recuperou a capa, enfurecendo o vulto, que acabou por matar o aluno, Jeff Sprint, com a Maldição da Morte. Logo após, ele sumiu, jurando vingança, e que mais mortes ocorreriam.

       Alunos, tenham bastante cuidado. Tempos de Trevas chegaram. E eles são cruéis.


O retorno de Malfoy

Picture

         Era noite de segunda feira, alunos retornando do marasmo de um domingo logo após um dia de aulas, e eis que surge nada menos que o Ministro da Magia. Scorpius Malfoy entrou pomposamente pelo Salão de Jantar, batendo sua bengala irritante, esnobando todos os alunos, e dirigiu-se à mesa dos professores, apontando o dedo a Albus Severus Potter. Logo exigiu do professor uma herança, deixado por seu pai, a qual o Ministério tinha interesse em examinar. Malfoy mostrou um pergaminho com uma autorização para que pudesse levar a tal herança, que logo foi mostrada pelo professor de Transfiguração: Uma capa de invisibilidade! Todos os alunos ficaram surpresos, chocados, ao verem Potter negar a entrega da capa ao Ministro. Este logo chamou uma dupla de aurores mal encarados, chamados Rosier e Selwyn, mas mesmo assim, Potter se negou a entregar. Malfoy ficou furioso, e ameaçou o professor ao dizer que iria tomar a capa à força, e que alguém poderia pagar um alto preço por isso. Em seguida deixou o Salão com seus capangas, devolvendo a momentânea paz ao castelo.

Mas o que Scorpius Malfoy quer com a capa? O que ele está planejando fazer? Só o futuro dirá. Tenham cuidado, alunos. Tempos de Trevas parecem estar por vir!


Passagem de Ano!

Picture

        E mais um ano se passou junto das estações! E, com elas, vocês cresceram, amadureceram e voltaram a Hogwarts para aprender novas magias e aperfeiçoá-las. Agora, estamos em 2037, um ano após todos os acontecidos, a escola se encontra mais calma e mais rígida com várias normas a serem seguidas por precaução e segurança dos alunos.

        Que venham outros e outros anos para Hogwarts e que com eles, vocês possam retornar a amada escola que acolhe cada bruxo como se fosse o último. O corpo docente de Hogwarts espera que este ano seja mais calmo e que novas surpresas não aparecam. Sejam bem vindos outra vez e voltem a estudar!

                                                                              ♪♫ Hoggy-warts, Hogwarts!
      

Oh! O primeiro ano!


        Em primeiro de setembro de 2036 começou mais um ano letivo em Hogwarts. Magia, alegria e conhecimento! Está é a essência da maior escolha da Grã-Bretanha!

        O Chapéu Seletor cantou o hino de Hogwarts e fez sua seleção. Minerva McGonagall, a atual Diretora, deu as palavras e avisos inciais, no entanto, foi interrompida pelo Ministro da Magia, Scorpius Malfoy!

        O Ministro disse que Hogwarts não é segura; avisou que o Ministério irá interferir em Hogwarts visando a segurança dos alunos. Os professores ficaram indignados, avisaram que o Ministério não pode ditar ordens em Hogwarts, porém, Malfoy abriu um pergaminho, mostrando um Ato Inquisitorial do Ministério, dando plenos poderes ao Ministro da Magia. Após saída de Scorpius Malfoy, tudo se normalizou. Até que dois dias depois...

        Sangue foi visto espalhado nas paredes de Hogwarts! Mensagens sobre a Morte em vários locais da escolas escritas à sangue! Os alunos entraram em pânico! Vultos surgiram causando convulsões nos alunos que os tocavam! Eram Espíritos Agourentos!

        Logo, ouviu-se uma gritaria na Enfermaria, e os alunos avistaram a Diretora McGonagall juntamente com os professores Delacour, Tonks e Greaves, deparados com uma cena assustadora: Uma mãe e sua filha fantasmas, falando palavras macabras! Alguns alunos logo desmaiaram, outros choraram e uns tantos entraram em pânico! Os espíritos foram embora, e os professores dispersaram os alunos. Mas afinal, o que era aquilo?!

        A monitora Carrie Bennett disse ter visto um homem loiro com vestes nobres passar rápido pelos locais onde havia sangue. Quem poderia ser este homem? Logo depois, a monitora fora encontrada ensangüentada nos Jardins de Hogwarts ao lado de um vulto negro. Os professores Regulus e Greaves tentaram combatê-lo, porém, o vulto torturou Greaves com a Maldição Cruciatus, e depois logo sumiu.

        A monitora Bennett encontra-se em coma induzido.

Sério? Já? Como assim?!

Picture

        Depois de tanto reformar Hogwarts, ela finalmente abrirá! E a data de abertura será amanhã! Exatamente isso que você leu! Amanhã às 19 horas BR/21 horas PT (para quem não tem horário de verão, será às 18 horas BR). Esperamos vocês no horário de abertura para escolher os novos monitores e dar início a mais uma Hogwarts que enche todos os corações com imaginação e interpretação! Não atrasem na plataforma 9 3/4, sabem que ela fecha logo depois do horário previsto para o trem sair! Nos vemos em Hogwarts no horário acima como foi dito!

                                                                                                                       Atenciosamente, a organização
                                       Pedreiros(as) de Hogwarts


Picture

         É com imenso prazer que anunciamos a chegada de Hogwarts! Limpamos, varremos, enxaguamos, enfim, nós professores fomos pedreiros e faxineiros para que vocês alunos, pudessem chegar e encontrar a escola toda limpa, organizada e cheia de novidades! Esperamos bastante ação, diversão e é claro, muita interpretação de ambas as partes. Preparem suas varinhas, reorganizem seus malões pois a locomotiva de Hogwarts está partindo!
   
         E, é claro, que deve-se falar sobre a Biblioteca de Hogsmeade, criada por Cicatricce (Rpg-Hp/Alvo.Dumbledore/Icashtar) que está sendo administrada por PiterBlack e .Zac. para renovar conteúdos em geral, portanto, se esforçem. O esforço de lá, é o esforço de cá. Saberão disso na seção "Bibliosmeade".

        Sugiro que leiam o site, releiam se for preciso pois há conteúdo e regras novas. É isso que faz essa Hogwarts, diferente das demais. A renovação estará presente andando em conjunto com a invenção! Nos vemos no castelo caros alunos!

                                                                                  Atenciosamente, Minerva McGonagall
                                                                                                            Diretora de Hogwarts