Menu:

Introdução


           Como em qualquer lugar, um bom rpg não é ministrado sem regras. Nenhum rpg que não tenha regras e normas que deem limite à certas atividades dentro do ambiente em que o rpg se passa durou e foi levado com respeito. Condizem às regras todas os termos que estiverem listados abaixo. Tenha-os em mente e nunca deixe de compreendê-los e estudá-los com a maior cautela que você tiver. As regras não servem para deixar o rpg chato; bem pelo contrário, elas atuam em prol da organização das atividades e da dinâmica do rpg, tudo com o objetivo de deixar o rpg livre de jogadores apelões e discernir os bons jogadores dos mochileiros, que simplesmente acham que, por terem amizades, sabem de tudo que condiz ao jogo.

Picture

Sumário


I. On e off
II. Personagem e senso
III. Famílias e Linhagens
IV. Bater-e-Correr, Ignorar e Etiquetas
V. Sonserinos assassinos

On e off


           Uma das bases principais do rpg, você precisa tê-la em mente. O off é você, o jogador sentado na frente do computador escrevendo. Em on é seu personagem. Então sempre que for falar com ele interprete o bruxo, seja da Grifinória, Sonserina, Lufa-Lufa ou Corvinal. Fale assuntos de aulas, de magias, de explorações. É sempre aquele bonequinho agindo. Um jovem bruxo aumentando seus poderes. Tenha sempre isso em mente e sua interpretação será nota 10!

           Você vai ver muitos jogadores escrevendo entre colchetes [...] ou colocando [] ou [OFF] no final de uma frase. Isso significa que eles estão com o “modo jogador” desligado. No RPG, a interpretação é muito importante. Você tem que assumir que é um bruxo e não pode falar sobre futebol ou coisas de “trouxas”, a não ser que seja em off. Em on, fale sobre as novidades do mundo bruxo, ataques, sobre sua história bruxa, animais mágicos... É essencial um bom jogador diferir on/off.

           O que você fala em on, é o que o seu personagem está falando, como num livro. O que você fala em off, é você, o jogador quem fala. Entendeu? Lembrando que as informações dadas em Off não devem influir em on. Ou seja, se alguém diz: [Acho que a Maria está namorando o João], você sabe disso, mas o seu personagem não. Então você deve interpretar assim. Já se alguém diz: “Ah, eu vi a Maria e o João juntos no corujal. Acho que estão namorando!”, o seu personagem sabe disso e pode interpretar assim. Isso é muito importante, pois quando houver aventuras, você saberá muitas coisas que o seu personagem não sabe!

Personagem e senso


           É interessante para a formação do seu personagem definir a história dele. De onde ele veio? Quais são os motivos de seus poderes mágicos? A criatividade é a base dessas coisas. Você pode interpretar que é um bruxo sangue puro que nasceu em Godric Hollow, por exemplo, mas sempre tenha em mente uma história alternativa, para caso alguém lhe pergunte "mas como isso aconteceu?". É bom ter sempre estruturada a história do seu personagem.

           Sempre estruture bem suas falas e como o seu personagem foi criado. Tenha em mente sua árvore genealógica e tenha cautela na hora de sair colocando em exposição a historinha da sua vida pra qualquer um; defina-a e tenha apenas uma história, e fale para os outros. Nunca altere a sua história, pois isso lhe deixará com má fama no rpg. Se seu pai foi da Corvinal e você disse isso para algum amigo, tenha ele sempre pertencente da Corvinal; caso você diga que seu pai foi da Lufa-Lufa para outra pessoa, isso lhe deixará com papel de mentiroso no rpg.

           Talvez a parte mais importante, o senso é o que alicerça o rpg. Nada vai pra frente sem o uso do senso, e ele lhe definirá como um bom jogador ou não. Essa base serve para deixá-lo estruturado ao ponto de acompanhar o rpg, e isso você alcançará quando tiver todas as regras do site retidas mentalmente e estudadas com a maior cautela possível.

Famílias e Linhagens


           Como dito no capítulo anterior, todo o bruxo tem sua história e você é livre para fazê-la do jeito que quiser, sempre nas margens do senso. Sua família é feita por você e ela poderá conter até 4 pessoas ativas no rpg; isso significa que apenas poderá ter 4 pessoas necessariamente irmãs com o mesmo sobrenome jogando o rpg, mas isso não especifica quantos tios e tias você poderá ter que não jogam o rpg. Ou seja, mesmo que o limite de família jogando no rpg é de 4 pessoas, você poderá ter pessoas adicionais que não jogam o rpg na sua família, como pai, mãe, tio, tia, primo, prima, enfim.

           Entre famílias e linhagens há uma diferença; família é diretamente do sangue, e linhagem pode ter se perdida com o tempo ou unida recentemente. Isso significa que, mesmo que não tenham seu sobrenome no rpg, você poderá ter primos e primas jogando o rpg. Por exemplo: meu nome é Harry Potter e meu primo se chama Edward Cullen. Não é porque não tem o mesmo sobrenome que não sejam da mesma família; isso é a questão básica no rpg. Mas, lembre-se: irmãos são apenas 4, agora primos e primas, seja de 1º ou de 2º, é permitido quantos você quiser, mas sempre com a base do senso.

Picture

Bater-e-Correr, Ignorar e Etiquetas


           Algumas regras menores foram estipuladas para a melhor compreensão do rpg. Estude-as e, como todas as outras, tenha-as em mente e na ponta da lingua, pois são extremamente importantes em qualquer situação do rpg.

           Bater-e-Correr

           Podem ser ignorados os jogadores que chegarem perto, lançarem um poder e se afastarem. O correto é aproximar-se, descrevendo isto na ação, e só depois da reação é que o jogador deveria correr.

           É importante que deixem claro em suas ações as corridas. Se a pessoa der um soco e sair andando sem dar direito à resposta, pode ser ignorado. Atacar e correr é medida de apelão e está sujeito a ignorar. Principalmente se o golpe for corporal. Se a pessoa der um soco e sair andando sem dar direito à resposta, pode ser ignorado.

           Ignorar

           Não ignore por qualquer motivo. Tente sempre resolver a situação, seja por off, seja por conversa. Mas nunca ignore sem qualquer justificativa ou reação. Todos estão ali porque querem jogar rpg.

           Por vezes pode parecer uma ação descabida, mas também é bom aceitar, ver onde pode dar aquele início de rpg. Por mais que a pessoa tenha errado, converse com ela. Só ignore as ações ou um determinado jogador se este for em último caso. Por mais n00b que ele pareça.

           Etiquetas

           Para demonstrar qual item seu personagem está carregando ou tem junto a ele, sem precisar ficar fazendo ações, temos a sugestão que o coloque na ETIQUETA do seu habbo.

           Qual o objetivo de fazer isso?

         O primeiro é dar valor às pessoas que acharam itens raros ou mágicos escondidos pelo rpg. Porque apenas itens encontrados em papéis no rpg podem ser usados nas etiquetas, tirando os equipamentos e acessórios do seu personagem. Infelizmente existe um número limitado de etiquetas que aparecessem em seu boneco. Então não resolva colocar todos os itens que você encontrou nas suas etiquetas porque só alguns vão aparecer e nem todos serão úteis. Coloque apenas os que tiverem relevância para você no rpg, como poções, frutas, armas etc.

Picture

Sonserinos apelões


         Todo Sonserino dos três primeiros anos que surgir com tentativas homicidas poderá ser ignorado. Facas, venenos, machados, torturas audaciosas e qualquer outro meio apelativo de violência para uma criança de 11 anos poderá ser motivo de ignorar.

         Mesmo assim, não ignore só porque algum sonserino te azarou. O ato de ignorar vale para os sonserinos com grave demonstração de crueldade, entre os 11 até os 13 anos de idade. Se você ignorar por nada, poderá também ser ignorado e acabar sendo banido do rpg por um tempo determinado de 24 horas. O tempo de punição aos Sonserinos apelões é de 48 horas. Por isso, pense bem antes de fazer qualquer coisa apelativa.